violão

Oficina de Composição para Não Compositores

com Vanessa Rodrigues

Curso com Certificação!

Vanessa Rodrigues.jpg

Sobre Vanessa Rodrigues

Formada em teoria Musical pela UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas e especialista em Psicologia Analítica pela UniLeya e em Psicanálise pelo IBP - Instituto Brasileiro de Psicanálise. Como compositora, participou de diversos Festivais de Música pelo Brasil. Em 2018, foi aprovada no curso de Doutorado na Universidade de Toronto, com projeto de estudos que engloba Música, Raça e Gênero, impossibilitada porém de cursar por questões de corte de Bolsas. Atuante na temática antirracista, Vanessa tem participado de mesas de debates sobre o tema, destacando eventos dentro da Unicamp e formações para a Rede Municipal de Campinas. Atualmente integra o corpo docente do Instituto D’Alma – SP como professora de teoria Psicanalítica e Coordenadora do Grupo de Estudos de Psicanálise Preta Aimó. Participa e coordena também o Grupo Livre de Estudos “Pensando Branquitude” - GLEPeB e ministra cursos livres com a temática antirracistas e os impactos da branquitude nas relações psíquicas. Psicanalista clinica, colunista do site ImprensaPreta.com e professora de Dança e Música em escola integral no Ensino Fundamental na Rede Pública Municipal de Hortolândia.

Sobre o Curso

Vamos partir do pressuposto inicial, considerando a ideia do que é música. De onde ela parte, de que é feita e como se organiza no espaço do imaginário.

 

Como ela se relaciona com a fala e com a palavra. Com essa premissa é bastante fácil entender como é possível criar música a partir da experiência de escuta, da fala e da percepção dos sons do cotidiano.

 

Sendo assim, considerando a ideias de compositores como Pierre Schaeffer, Jonh Cage e Raymund Schaffer, este curso dará ao participante a possibilidade de entender as estruturas musicais a partir do som, - falado, gravado, ouvido - seu percurso até tornar-se sonoridade e finalmente se configurar como som musical, delineando esses contornos pelo percurso da própria escuta.

 

Desta maneira, ouvir e falar se configurarão como ferramentas de composição musical.

 


Compor se configura com um grande potencial de formação em habilidades que vão desde a percepção e manejo do aparelho fonador, até a expressão criativa, passando pela atuação e composição musical. Desenvolve a:


• Percepção global;
• Percepção musical;
• O ritmo
• A antecipação
• A interpretação
• Noções psicomotrizes finas
• Criatividade;
• Organização mental;
• Sociabilidade;
• Capacidade de trabalho em grupo;
• Autocrítica;
• Visão holística dos processos envolvidos;
• Sequencialidade.

Considerando ainda, como proposta as vivências culturais, esta oficina promove um rico processo de autodescoberta e aquisição de habilidades, que se referem desde a autopercepção até a construção de uma psique que entenda movimentos de organização de saberes e alteridade.


O objetivo é desenvolver, a partir da experiência musical uma relação de organicidade e percepção sonora que introduza uma escuta criativa e criadora de processos mentais elaborados de musicalização.

Metodologia:


• História da Música na Humanidade
• Escuta, fala e gravação– relações possíveis.
• É possível ler e escrever música? Símbolos sonoros.
• Do silêncio ao som musical.
• Parâmetros sonoros ou parâmetros musicais? O que são e para que servem no exercício de compor.
• Técnicas básicas de organização sonora.
• Improviso como ferramenta de composição.
• Meu projeto sonoro composicional: é agora!

Cronograma:


• 4 aulas de 2 horas semanais - 8 horas no total de Curso
às 4ª feiras de 20 às 22 horas. (01/06, 08/06, 15/06 & 22/06)

Recursos necessários:
• Um computador
• Acesso a Internet
• Um celular

Avaliação:


O processo será de auto-avaliação e terá como resultante duas composições inéditas – uma coletiva e outra individual - ao final do curso.

VALOR: R$119,00

Aceitamos pagamentos em cartões de débito, pix e em até 3x nos cartões de crédito